Rita Costa – A Nossa Atleta do Mês

Quando a Rita procurou o TG FitStudio, uma das suas grandes dificuldades era encontrar tempo na sua agenda para treinar. Por trabalhar por turnos (a Rita é médica), manter a motivação para treinar era difícil, pois como não conseguia manter a consistência, não tinha os resultados desejados.

 

Para além disso, trabalhar por turnos dificultava-lhe muito encontrar um equilíbrio na sua alimentação.

 

Na sua visita, definimos então que o programa de treino individual era a melhor opção. Assim, era possível adaptar os treinos aos seus horários e criar um compromisso de treino que ajudasse a manter a consistência e motivação – problema 1 resolvido.

 

No que a alimentação diz respeito, a primeira coisa que era necessário fazer era começar a planear as suas refeições de acordo com os seus turnos – demonstrámos a Rita como planear e preparar estas refeições de forma simples, que lanche rápido deveria fazer e como ajustar esta alimentação aos seus gostos pessoais – problema 2 resolvido;

 

Com este planeamento ajustado ao seu estilo de vida, a Rita sentiu que tinha um fio condutor e uma direção clara para poder atingir os seus objetivos;

 

Após 4 meses, a Rita voltou a um peso corporal que já não “se lembrava de ter”, a sua consistência e performance no treino tem sido incríveis e conseguiu encontrar o equilíbrio na alimentação que tanto procurava.

Rita Costa - A Nossa Atleta do Mês
 

Partilho contigo o testemunho da Rita e da sua experiência no TG FitStudio:

 

1.º O que te trouxe ao TG FitStudio?

 

Sempre pratiquei desporto ao longo da minha vida, e cheguei a ser atleta federada, mais recentemente integrava um grupo de corrida que ia participando em algumas provas. Entretanto por uma conjugação de diversos fatores (ou melhores desculpas), acabei, no último ano e pouco, por descurar, mais que apenas a forma física, a minha saúde e bem estar. Estava inscrita num ginásio que acabava por não frequentar. Entretanto mudei de casa e ia passando pela rua e vendo TG FitStudio que na prática ficava mesmo debaixo do meu prédio. Fui explorando o site e as redes sociais do estúdio e vendo histórias de pessoas que iam conseguindo os resultados que queriam e que eram similares ao que eu procurava, pelo que acabei por contactar o studio e iniciar o meu percurso na busca pela boa forma física.

 

2.º Qual foi a tua primeira impressão?

 

A minha primeira impressão no primeiro contacto, e que se mantém até agora, foi de uma equipa de profissionais, dedicada a cada aluno e ao seu trabalho, com conhecimento científico e teórico, bem aplicado à prática e moldado a cada aluno individualmente. Isto claro além da boa disposição, simpatia, acolhimento e disponibilidade que demonstram logo desde o início, e que se mantém ao longo dos treinos e fora deles no acompanhamento que fazem de forma persistente à nossa parte do trabalho em casa (alimentação, descanso, treinos complementares…). No fundo nunca nos sentimos sozinhos no processo, o trabalho é sempre da equipa, estabelecendo desde logo um objetivo conjunto, realista e adaptado a cada um. Não foi o meu caso, mas sinto que se os objetivos não fossem conseguidos a derrota seria da equipa e iriamos continuar a trabalhar como equipa para os atingir.

 

3.º Qual foi a tua primeira conquista?

 

Melhoria da condição física e sensação de bem-estar. Além dos objetivos de perda de peso e tonificação, que me levaram inicialmente ao Estúdio, mas que são, na verdade, secundários, e de conseguir ter uma evolução constante e sustentada nos treinos (melhoria da qualidade e velocidade de execução dos exercícios, aumentos das cargas…).

 

4.º Em que estás a “trabalhar/objetivo” de momento?

 

Agora que já consegui voltar à minha boa forma física, e com um peso corporal que considero adequado para mim e que já não tinha há muito tempo, o processo ainda vai longe de terminar e o foco do trabalho atualmente é na tonificação e perda de volume.

 

5.º Qual a tua recordação preferida do TG FitStudio

 

Apesar de em todos os treinos levarmos “coça” ? nunca nos vamos sentir cansados, ou então há castigo. e no meio do treino, o timing da pergunta é matreiro e é preciso algum exercício mental para dar a resposta certa. Na dúvida a resposta é sempre não ?.


Se tal como a Rita, estás com dificuldade em encontrar tempo na agenda para treinar e precisas de ajuda para criar um equilíbrio na tua alimentação, clica no link e marca hoje a tua visita – TGFitstudio

Comente