Maximiza Os Teus Resultados – Nutrição

Maximiza Os Teus Resultados – Nutrição

 

Na terceira parte da série – Maximiza Os Teus Resultados – (parte 1 e parte 2), vou escrever sobre uma das áreas mais importantes para maximizares os resultados do teu treino – a nutrição.

 

Qual a melhor “dieta/plano alimentar”?

 

Nas redes sociais e se pesquisares na internet, vais encontrar várias “dietas”, diferentes opções e por norma todas elas são “as melhores” para atingires determinados resultados.

 

Provavelmente, já leste sobres pessoas que fizeram estas “dietas”, ou até tens amigos, ou familiares, que já fizeram _______ (insere o nome de determinada “dieta”), perderam bastante peso e tentaram “convencer-te” que essa é a “melhor dieta”.

 

Mas a verdade é que não existe uma melhor “dieta/plano alimentar”. O que será o melhor para ti é conseguires a longo prazo manter a consistência com essa alimentação.

 

Por exemplo: sei qual o tipo de alimentação que funciona melhor comigo e que me ajuda a manter a consistência no dia-a-dia. Se calhar, se partilhasse contigo o que como no dia-a-dia, poderias pensar: “eu não consigo comer isso,”, ou “comer assim não é para mim” – isto é perfeitamente normal- pois o “melhor” para mim, pode não ser o ideal para ti.

 

Outro exemplo: não faz grande sentido fazeres jejum intermitente, se o pequeno-almoço é a tua refeição preferida, ou fazer uma dieta cetogenica se gostas de comer pão. Para algumas pessoas, a alimentação, pode ter também uma vertente emocional e social muito forte, logo é preciso ter essa situação sempre em mente.

 

Por vezes, só encontramos o “melhor” para nós através de tentativa e erro, por isso se não o conseguiste à primeira não desistas – é uma maratona e não um sprint.

 

O objetivo é encontrar um tipo de alimentação que funcione para ti e que vá de encontro aos teus objetivos.  – esta é a abordagem que temos no TG FitStudio – encontrar a fórmula que funciona melhor para cada um dos nossos alunos e que os ajude a longo prazo a manter a consistência e a ter resultados.

 

Alimentação e Saúde

 

Maximiza Os Teus Resultados – Nutrição

 

O nosso corpo consegue adaptar-se de forma bastante simples. No curto prazo, o excesso de peso, uma má alimentação, beber com regularidade álcool, sedentarismo e fumar não terá grandes consequências – no curto prazo – por exemplo: mesmo quando alguém acorda com uma “ressaca” porque bebeu muito, apesar dos efeitos serem maus, provavelmente isso não impedirá a pessoa de o voltar a repetir.

 

Podemos “abusar” do nosso corpo durante vários anos, antes de termos problemas de saúde. Este é um problema complicado quando somos guiados pela gratificação imediata. Um dos “segredos” duma alimentação de sucesso é criar o hábito de dizer não (uma capacidade que também é preciso “treinar”) e saber adiar esta gratificação para “mais tarde”. Dizer mais vezes não aos desejos imediatos é também uma forma de maximizar os resultados do treino.

 

Alguns princípios base

Um dos objetivos deste texto, não é escrever sobre qual a “melhor dieta, pois a personalização é sempre a melhor solução,  mas existem alguns princípios que podes seguir para planeares a tua alimentação no dia-a-dia, maximizares os resultados do teu treino e teres uma melhor saúde:

 

  • Bebe água – este pode ser um princípio bastante simples, mas que muitas pessoas se esquecem de por em prática. Adicionares um copo de água a um hábito já existente é uma boa forma de começares a beber mais água, por exemplo: sempre que fizeres uma refeição/lanche bebe primeiro um copo de água;

 

  • “Come o arco-íris” – frutas e vegetais são ricas em vitaminas, minerais e fibra, o que ajuda por exemplo a manteres a saciedade por mais tempo – define como objetivo nas tuas refeições principais e lanches, teres uma, ou duas cores do arco-íris;

 

  • Menos óleos nos temperos e para cozinhar as refeições – apesar do azeite ser uma gordura “saudável”, este não deixa de ter calorias (uma colher de sopa tem mais ou menos 120 calorias). Utiliza o azeite em spray e colheres para medires porções – nunca diretamente da garrafa – este gesto vai ajudar-te a poupar umas boas calorias na alimentação e ter na mesma os efeitos protetores e benéficos para a saúde do azeite (vale também para óleo de coco, óleo de girasol, etc);

 

  • Come proteínas – adiciona uma fonte de proteínas a todas, ou quase todas as refeições. As proteínas são essenciais para uma boa recuperação e desenvolvimento muscular;

 

  • Doces, álcool e salgados com “consciência” – se não és atleta de alta competição, então, o normal é este tipo de alimentos fazerem parte da tua alimentação, mas se queres maximizares os teus resultados, estes tem de ser a exceção e não a norma. Come com “consciência” e sem perder o controlo – o principio de adiar a gratificação cai que nem uma luva nesta dica;

 

  • Cria o hábito de fazer uma lista de compras e não vás as compras com fome – uma lista de compras ajuda-nos a manter o foco naquilo que devemos comprar para ter uma boa alimentação. Ir ás compras com fome pode contribuir para fazermos não tão boas escolhas (o nosso cérebro prega-nos muitas partidas) – faz um lanche antes de ires às compras.

 

Não existe a melhor “dieta/plano alimentar” sem aplicação prática e consistência. Penso ser importante termos consciência daquilo que comemos, pois assim não nos enganamos a nós mesmos. Por vezes, prestamos pouca atenção quando se trata de fazer escolhas que nos ajudem a ter uma melhor saúde.  Por isso, procura o que funciona melhor para ti, que vai de encontro aos teus objetivos e que inclua com consciência os convívios e vida social.

 

Estamos Juntos!

Tiago Guedes

 

PS: se sentires que esta é a altura certa para dar o primeiro passo, posso ajudar-te de 3 formas:

 

1º Continua a ler os artigos sobre treino e alimentação que partilho semanalmente no Blog do TG FitStudio;

2º Clica no link, marca a tua visita ao TG FitStudio, para te ajudarmos a escrever uma nova história – uma história de sucesso;

3º Envia-me um email se precisas de ajuda para adquirir novos hábitos, um novo estilo de vida e queres ter a minha ajuda através do acompanhamento online (vagas limitadas).

Comente