Porque Não Temos Livre Acesso No TG FitStudio

 

Hoje é dia 19 de Julho. Mais de 70% das pessoas que se inscreveram num ginásio em Janeiro, desistiram do treino, ou continuam a ver a sua mensalidade ser debitada sem aparecerem no ginásio.

 

A verdade é que a culpa não é sua. Todos nós nos queremos sentir melhor, olhar ao espelho e gostarmos do que vemos, ter a possibilidade de viver mais anos e com qualidade. Inscrevemo-nos em ginásios, começamos uma nova dieta, compramos tapetes de treino, umas novas sapatilhas e garravas de água “gigantes” com a melhor das intenções. Inclusive, damos o passo mais difícil – o primeiro passo – e entramos num lugar que nos faz sentir desconfortáveis. Investimos o nosso dinheiro…… e seis meses depois, desistimos, Porquê?

 

Quando comecei a minha carreira como Personal Trainer, cedo percebi que a chave para se ter uma melhor a forma física – não é um novo programa, ou o “melhor” programa. A chave é a consistência. Se mantiveres a consistência, colocares um pouco de  esforço, não te sabotares entre treinos, vais melhorar substancialmente a tua forma física. Penso que todos percebemos isto, mas também é verdade que não é fácil manter a consistência.

 

20 Anos depois, sei que apenas algumas coisas fazem realmente a diferença em manter esta consistência:

 

  1. Encontrares uma forma de exercício físico que gostes;
  2. Ter uma “marcação” com o treino (não apenas o desejo);
  3. Criar um compromisso com alguém (como um parceiro de treino, ou um treinador/personal trainer).

 

Pensa na pessoa em melhor forma que conheces, com grande probabilidade:

 

  1. Adoram treinar, quer o treino seja treino de força, crossfit, corrida,etc;
  2. Fazem-no sempre, ou quase sempre, à mesma hora;
  3. Tem um lista de amigos/parceiros/grupo que apenas conheceram devido ao tipo de treino que escolheram.

 

Estas pessoas não são menos sociais. Não são fanáticas do treino. Não tem mais tempo disponível. Não são mais disciplinadas. Não tem mais força de vontade – não existe em si, nada  que as torne “predestinadas” para ficar/estar em forma – antes pelo contrário:

 

  1. Experimentaram algumas coisas, até que encontraram algo de que gostam;
  2. Treinam, porque marcam na sua agenda a hora e o dia, e não porque tem mais tempo disponível que qualquer outra pessoa;
  3. Tem um treinador/personal trainer/grupo/amiga com quem mantem o compromisso de não faltar ao treino.

 

A razão porque a maioria dos ginásios está vazio a 30 de Junho? Porque não providenciam estas coisas. Em vez disso, vendem apenas acesso a equipamento.

 

Sim, tem imensas passadeiras. Sim, tem muitas máquinas. Sim, tem imensa variedade. Provavelmente são muito baratos. Mas, no longo prazo, estas coisas falham em ajudar a maioria das pessoas a manter a consistência. Este tipo de ginásio são ótimos para pessoas que são auto-motivadas, não precisam de ninguém para manter um compromisso, e já por si adoram treinar. Mas este grupo é a minoria. São pessoas que precisam apenas deste acesso a equipamento, e conseguem sozinhas “tratar do resto”.

 

Mas, a maioria das pessoas, precisa de encontrar um tipo de exercício que goste, com hora marcada e criar um compromisso com alguém.

 

Pensa em alguém, que no último ano, se tenha inscrito num ginásio com livre acesso.

 

Provavelmente, estava bastante motivada quando se inscreveu. Adoraram o facto de terem aderido a uma “campanha especial” (também adoro campanhas especiais).

 

Após uma semana, estavam muito contentes com a sua escolha. Tinham orgulho na decisão que tomaram e se calhar até te convidaram.

 

Mas, algumas semanas/meses depois, este entusiasmo começou a “arrefecer”. Não falam mais dos seus treinos como faziam. Até aparentam estar um pouco aborrecidas….. ou a perder a motivação.

 

Um ano após inscrever-se, essa pessoa continua a treinar com consistência?

 

Espero que sim, mas como escrevi anteriormente, 70% das pessoas param de treinar após 6 meses, e aproximadamente 90% das pessoas, após um ano, cancelaram (ou a mensalidade continua a debitar sem aparecerem) a sua inscrição (estes são dados reais).

 

Quando comecei o meu percurso, tanto no treino, como na minha formação, felizmente, tive alguém que me ajudou a criar esse compromisso e essa consistência. Mesmo nos dias de hoje, e apesar de ter um Estúdio de treino, continuo a marcar na minha agenda a hora do treino, continuo a criar objetivos que me ajudam a criar um compromisso (encaro estes objetivos como o meu parceiro de treino/treinador) e faço um tipo de treino que gosto.

 

Após 20 de trabalho na área do exercício físico, sei que são estas as “coisas” que vão fazer a verdadeira diferença na tua vida.

 

O livre acesso dá liberdade, o que aparenta ser um valor real, mas os resultados acontecem com um acompanhamento próximo e personalizado.

 

Estamos Juntos

Tiago Guedes

 

PS: se sentires que esta é a altura certa para dar o primeiro passo, posso ajudar-te de 3 formas:

 

1º Continua a ler os artigos sobre treino e alimentação que partilho semanalmente no Blog do TG FitStudio;

2º Clica no link, marca a tua visita ao TG FitStudio, para te ajudarmos a escrever uma nova história – uma história de sucesso;

3º Envia-me um email se precisas de ajuda para adquirir novos hábitos, um novo estilo de vida e queres ter a minha ajuda através do acompanhamento online (vagas limitadas).

0 Comments

Comente

Ana Ferreirareply
Julho 20, 2023 at 2:19 pm

Quero experimentar o estúdio e saber os preços. Obrigada

Deixe uma resposta